Levantamento de Peso Olímpico (LPO) | Dr. João Hollanda

LEVANTAMENTO DE PESO OLÍMPICO (LPO)

O levantamento de peso olímpico, também conhecido por halterofilismo, é um esporte de força cujo objetivo é levantar a maior quantidade de peso possível, do chão até acima da cabeça, numa barra em que são fixados pesos.

É uma das modalidades esportivas mais antigas dos Jogos Olímpicos da era moderna, o esporte que forma as “pessoas mais fortes do mundo”. Saindo do mundo competitivo, as técnicas do LPO são também uma excelente forma de preparação física utilizada por atletas de diversas modalidades esportivas e também por pessoas comuns que pretendem aumentar os níveis de força, potência muscular e rendimento no esporte e também nas atividades do dia a dia.

O LPO competitivo caracteriza-se por dois movimentos principais: o arranque e o arremesso. O arranque é a primeira prova da competição e consiste em levantar a barra do solo até acima da cabeça num movimento sem pausa, sem apoiá-la no corpo. Já o arremesso é executado em duas partes: primeiro, a barra é colocada horizontalmente em frente das pernas do levantador; em seguida, é levantada até à altura dos ombros e, finalmente, o atleta reergue-se e alinha-se.

Os padrões de movimento necessários para uma correta execução deste tipo de levantamento trabalham praticamente todos os músculos do corpo de forma simultânea, incluindo pernas, costas, ombros, braços e tronco. Ao contrário do que a maior parte das pessoas pensam, o LPO fortalece principalmente o tronco e os membros inferiores e menos os membros superiores. Mais do que o ganho de força, o LPO proporciona também uma melhora da postura, da coordenação motora e da consciência corporal.

Iniciantes devem primeiro aprender o movimento com a barra livre, sem peso. Pesos extras serão gradativamente adicionados à medida em que a pessoa ganha força e consciência corporal.

A modalidade é capaz de entregar ótimos resultados com treinos relativamente curtos, ideal para pessoas que não dispõem de longos períodos para realizarem o treinamento ou mesmo para pessoas que querem melhorar a saúde mas não têm paciência para treinos prolongados.

Limitações

- O LPO exige uma boa mobilidade articular, principalmente nos ombros mas também no tornozelo, joelho, quadril e coluna. É preciso que se tenha uma boa técnica de agachamento, bom controle de tronco e boa consciência corporal. Caso se observe alguma das limitações descritas, é recomendável que isso seja treinado e corrigido antes de se iniciar os levantamentos do LPO propriamente dito.

- O LPO trabalha diversos grupos musculares de forma simultânea e não será capaz de corrigir eventuais desequilíbrios musculares. Na presença de desequilíbrios significativos, estes deverão ser corrigidos por exemplo com a utilização de exercícios de musculação separados para cada uma das pernas (no caso dos membros inferiores) ou com a utilização de halteres (no caso dos membros superiores).
Agende sua consulta